logo

Bar do Armando

Rua 10 de Julho, 593
Bares

DESCRIÇÃO

Símbolo da boemia manauara, o bar conquista pela quinta vez consecutiva o título de melhor boteco. À frente da premiada casa está Armando Dias, de 75 anos. Sempre vestindo avental azul, ele circula pelo salão, checa os pedidos e ainda prepara alguns petiscos. Há quatro décadas, o português escolheu o frondoso casarão, ao lado do Teatro Amazonas, para montar uma mercearia. Com a chegada das redes de supermercados nos anos 70, a concorrência forçou-o a mudar o foco do estabelecimento. O desvio de rumo foi mais do que aprovado. Desde então, a clientela fiel costuma bater ponto por ali a partir das 17 horas. Acomodados em mesas e cadeiras de plástico, todos vão em busca de cerveja gelada - Brahma, Skol e Antarctica e Bohemia. A caipirinha reina entre os drinques. Para acompanhar, o cardápio de tira-gostos é conciso. Nele se destacam o sanduíche de pernil montado no pão francês ou, para dividir, a porção de bolinho de bacalhau.

SERVIÇO

  • Fumantes